Homeopatia

HOMEOPATIA PARA ADULTOS

Especialmente indicada para tratamento de doenças crônicas tais como alergias, doenças articulares, enxaqueca e doenças auto imunes entre diversas outras, a Homeopatia se caracteriza por abordar as doenças visando tratá-las em profundidade e por sua natureza aborda a individualidade de cada um pois cada pessoa reage à doença à sua própria maneira, e, justamente por isso esta modalidade terapêutica tem abordagem “holística” tratando doença e doente como um todo e não apenas uma parte do organismo humano como se fosse uma entidade separada.

Ao invés de usar medicamentos sintéticos em grandes doses ela usa substâncias naturais e seguras submetidas a processos de laboratório que são capazes de liberar seu poder curativo impressionando a energia vital do corpo humano e assim restaurando seu equilíbrio sem causar os indesejáveis efeitos colaterais dos remédios convencionais.

As suas vantagens principais são: cura suave e ampla, ausência de efeitos colaterais, indicada para todas as idades, preço acessível a todos, simplicidade de uso e cura em profundidade e duradoura.

Esclarecimento

A Homeopatia se vale de remédios naturais para obtenção do alívio de diversas doenças cujos remédios deverão ser selecionados de acordo com a técnica da Homeopatia que individualiza cada caso.  Assim sendo para uma determinada doença (ex. gastrite) será receitada a homeopatia Lycopodium, para outra Chamomilla, para uma terceira Colocynthis e assim por diante de acordo com os sintomas individuais de cada uma.

Portanto, se você ouviu que Chamomilla foi útil para a doença de sua vizinha isso não significa que o mesmo remédio homeopático será útil também para você, apesar de padecer da mesma doença, pois vai depender das peculiaridades individuais de seu caso. 

A homeopatia, técnica terapêutica baseada na semelhança de sintomas, foi descoberta por Samuel Hahnemann há mais de 2 séculos e vem sendo utilizada em larga escala em todo mundo, sendo reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina do Brasil como especialidade médica desde 1980 através da Resolução CFM no 1000/80